quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Karmann Ghia 1971 - A Missão


Adquirido em 2009 de um dos sócios do VCC de Criciúma, ao qual também pertenço. Ele era proprietário deste carro a alguns anos mas não havia iniciado sua restauração e acabou colocando a venda. O carro apresentava uma boa estrutura para restauração. Lataria sem podres, mas com sua originalidade descaracterizada por uma reforma sem critérios executada por um de seus donos anteriores, que segundo soube dizia-se "chapeador" (talvez na sua imaginação porque na prática...). 
Entre os "sacrilégios" encontrados podemos destacar:
 - troca das fechaduras e batentes originais pelas do GM Corsa (manteve as maçanetas originais mas em outra posição para funcionar com o mecanismo do Corsa);
- adaptação de borrachas de vedação para as portas, de VW mais modernos. Para isto soldou filetes de chapa nas laterais e caixa de ar;
- retrovisores externos de plástico cromado (genéricos);
- forrações internas sem critério;
- película verde nos vidros;
- cinto de segurança do Fiat Tempra (adaptação grosseira);
- bancos do GM Chevette (os trilhos originais foram arrancados);
- retrovisor interno e volante de VW mais modernos;
- motor com dupla carburação, alternador, ignição eletrônica e pintura das chapas com cor incorreta;
- pintura do carro na cor incorreta e muito mal feita. A cor amarela correta para este ano é o Amarelo Manga (código L-1265).

O carro era ruim para andar, não transmitia segurança, motor e freios não estavam confiáveis, etc...

As fotos a seguir ilustram um pouco do trabalho que seria necessário para devolver este clássico aos seus dias de glória.

Um comentário:

  1. este karman-guia e muito ilario e bonito. parabens pelas fotos

    ResponderExcluir